segunda-feira, 2 de abril de 2012

Cuidados e sáude do bailarino




Um bailarino precisa saber como lidar com seu instrumento de trabalho, o corpo. Se não souber, pode enfrentar sérias complicações.


Se você estiver sentindo dores, e nenhum dos itens anteriores ajudar a melhorar, procure um médico imediatamente. Pode ser um problema sério, como bursite, distensão, contratura etc.




Alongamentos X Dores musculares

Alongamentos são os movimentos feitos para alongar os músculos. São muito importantes para pessoas que fazem exercícios e fundamentais para os bailarinos que precisam de flexibilidade e leveza. São movimentos fáceis, mas quando feitos de forma incorreta, podem fazer mais mal do que bem, por isso é importante a orientação do professor. Para alongar não é preciso forçar bruscamente os limites, é necessário que se pratique devagar, especialmente no início, começar de leve e repetir todas as aulas para entrar em forma. Aberturas de pernas e alongamentos mais difíceis devem ser feitos com o corpo aquecido (em atividade física), no meio ou no final das aulas, nunca no começo, para evitar distensões musculares.

Benefícios do alongamento1 Reduz as tensões musculares e dão a sensação de um corpo mais relaxado2 Servem de benefícios para a coordenação3 Aumentam o âmbito de movimentação4 Previne lesões como distensões musculares, pois um músculo alongado resiste mais às tensões5 Facilita as atividades de desgaste6 Desenvolve a consciência corporal e aprende a se conhecer7 Ajuda a liberar os movimentos bloqueados por tensões emocionais
Atenção!
* Para evitar aquelas dores chatas nos músculos depois da aula, sempre se aqueça o máximo possível antes desta. Mas atenção! Não pense em alongar-se bastante! Nunca extrapole seus limites, pois a aula ainda vai começar, ou seja, você tem muito o que se alongar ainda... Senão, isso poderá resultar em muita dor de cabeça (e de músculos) depois.


Se você tiver sofrido algum problema físico, uma cirurgia nas articulações e
músculos, é bom consultar um médico antes de começar
um programa de exercícios ou alongamento.


Como evitar alguns problemas.
Cãibra
A cãibra é uma retração involuntária e dolorosa do tecido muscular, que pode comprometer desde uma pequena parte de um músculo até um grupo muscular inteiro. Ela pode durar alguns segundos ou minutos.- Causas: a causa mais comum da cãibra nos bailarinos é a fadiga muscular (cansaço), mas também pode ter outras origens como o frio e a falta de potássio no organismo, que também é apontada como agente importante.
- Tratamento: O alongamento do músculo ou músculos comprometidos. Fontes de Potássio: água de coco, fígado, laranja, banana, feijão, carne.


Distensão muscular
É a ruptura espontânea de várias fibras musculares causada por esforço, com dor súbita e forte durante o movimento e que, às vezes, impossibilita que o músculo afetado se movimente. A dor desaparece com o repouso, mas reaparece com o movimento.
- Causas: passos ou exercícios de difícil execução, bruscos ou pesados, feitos sem o devido aquecimento prévio, são a principal causa da distensão. Os músculos mais freqüentemente afetados são os internos da coxa e os da panturrilha. –
- Tratamento: primeiramente, parar com a atividade física imediatamente. Depois, procurar um médico ou fisioterapeuta.


Entorse - torção
Ocorre quando o limite fisiológico de uma articulação é ultrapassado. Pode estar acompanhado de distensão, ruptura total ou parcial dos ligamentos.
- Causas: Como a maioria dos entorses na dança acontece nos joelhos e tornozelos, quase sempre as causas são o piso inadequado que prende os pés enquanto o corpo continua no movimento ou a torção dos tornozelos em exercícios na ponta ou na meia ponta.
- Tratamento: Aplicar gelo sobre a articulação afetada durante 20 a 30 minutos, elevar o ponto comprometido (se possível, acima do nível do peito) e encaminhar imediatamente ao médico.


Tendinite
As mãos, os pés, o pescoço e todas as partes que se dobram, ou seja, praticamente o corpo inteiro está repleto de tendões. Tendinite é a inflamação que acontece nos tendões.
- Essa inflamação pode ter duas causas. A primeira são esforços prolongados e repetitivos, além de sobrecarga. Essa primeira causa é bem freqüente nas tendinites do ballet... A segunda causa é a desidratação: quando os músculos e tendões não estão suficientemente drenados devido à uma alimentação incorreta e toxinas no organismo.
A tendinite se manifesta inicialmente com dores e muitas vezes com a incapacidade da pessoa em realizar certos movimentos, dores ao subir ou descer escadas, caminhar, dobrar os joelhos, entre outras posturas ou movimentos. Há a necessidade de um bom médico para diagnosticar corretamente o problema. Em primeiro lugar, porém, é preciso repouso. Após um certo período, a pessoa é aconselhada a fazer fisioterapia, para acelerar o processo de cura. Se a tendinite não for tratada em tempo ou da maneira adequada, pode haver seqüelas. A pessoa não tratada pode sofrer uma ruptura do tendão após um período de inflamação mal cuidado, por isso, é importante seguir todos os passos indicados pelo médico para um pronto restabelecimento. Para prevenir a tendinite, deve-se fazer exercícios sob critério de um profissional.


Estiramento muscular
É o alongamento voluntário ou involuntário de um músculo além do seu limite natural. É caracterizado por dor muscular no local do estiramento no momento em que há o esforço, e desaparece quando se volta ao repouso. A dor dura em média de 2 a 10 dias, dependendo do caso, e pode desaparecer até mesmo sem tratamento se o músculo afetado for poupado.
- Causas: um movimento descuidado, ou para o qual o músculo afetado não esteja aquecido ou preparado para executar.
- Tratamento: repouso da parte afetada e compressa de gelo.


Unhas encravadas
A unha está encravada quando parte dela empurra o canto do dedo do pé. Este dedo torna-se sensível ao tato, vermelho e inchado. Você deve ir a um médico pedólogo que se encarregará de cortar este canto. Nesse período tente não usar sapatos fechados, calçando sandálias ou mesmo ficando descalço o máximo possível para evitar a pressão sobre a unha e coloque uma esponjinha (ou gaze, ou algodão) com fita adesiva no dedo para evitar que a unha fique tocando a sapatilha durante a aula de ballet. Para prevenir essas indesejáveis, corte MUITO BEM as unhas, deixando-as retas e evitando os cantos.


Bolhas
As bolhas ocorrem quando a pele é friccionada para frente e para trás de encontro ao interior da sapatilha. A maioria das bolhas causadas pelo trabalho de ponta estoura e há às vezes sangramento. Uma vez que a pele crua é exposta, a dor de dançar com uma bolha aberta é enorme, por isso é melhor parar de dançar e tender à bolha do que arriscar-se à piora e à infecção da área. Se um dedo do pé começar a criar bolhas insistentemente, é aconselhável envolvê-lo com band-aid ou esparadrapo antes de cada aula. Isto deve impedir que uma nova bolha se forme.


Calos e endurecimento da pele.Isso ocorre geralmente nas juntas dos dedos do pé e no tendão de Aquiles onde o pé é mais intensamente friccionado pela sapatilha, onde a pele fica um pouquinho dura e mais consistente. A pele nestas áreas pode avermelhar e amaciar imediatamente depois do trabalho de pontas, mas endurecer-se-á mais tarde. Não se preocupe com esse endurecimento: ele é até mesmo benéfico para prevenir a formação de novas bolhas. Já os calos são o resultado da pressão anormal das sapatilhas mal ajustadas e podem ser muito dolorosos.


Joanete
Joanete é a inflamação da articulação do dedão do pé causada pela pressão imprópria nessa área. Deve-se tomar cuidado em ver se as sapatilhas de ponta (e até os sapatos normais) são largas o bastante na parte da caixa, onde estão as junções do metatarso, e se o pé está colocado corretamente na ponta

7 comentários:

  1. adorei todas as dicas espero mas sobre alogamento e outros dtipos de ritmos de dança ser mas um menbro de blog é faser crecer umas das cultura mas rica do brasil ha dança fiquem todos com deus niunca esqueçam de sempre dança.bom dia, boa tarde eum boa noite por quer nao sei quantas pessoas vam ler isto enen o horario...

    ResponderExcluir
  2. OLA AMORES AMEI .. MAIS AINDA A FOTO;;; LINDOS....THIAGO MARQUES CAJURU -SP

    ResponderExcluir
  3. SOU BAILARINO PROFISSIONAL E CONHEÇO TODAS AS DICAS , E TBÉM RESALTO QUE TAMBÉM TEM MUITAS QUE NAU SABIA,,,

    ResponderExcluir
  4. A CULTURA DA DANÇA TEM A HONRA DE VCS ESTAR SEMPRE EM BUSCA DE INFORMAR. E APRESENTAR AO MUNDO A PROPÓSITO DA DANÇA...

    ResponderExcluir
  5. A ARTE , QUE DEUS NO DEU A VIRTUDE DE EXECUTAR QUE SEJA SEMPRE SIM COM PROPÓSITO NÃO SÓ DE ENCANTAR MAS TAMBÉM EVANGELIZAR...POIS CADA MOVIMENTO TRAZ O VERDADEIRO TOQUE DE PAZ ....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Thiago, agradecemos seu contato aqui! Fique na paz!

      Excluir
  6. Em cada passo percorremos diversos caminhos ,em cada giro viajamos o mundo, em cada olhar transmitimos sensações , a cada queda transcendemos emoção, a cada dança sonhamos, com os pés no chão...

    ResponderExcluir

Postagens populares